sexta-feira, fevereiro 10, 2012

Sobre a greve dos Militares I

A única coisa que essa greve vai conseguir é uma maior descrença da parte da população. A gente já não acha que vocês trabalhem, vocês ainda dão mais razão pra nós. E uma boa fama de assassinos, por que não fazer seu trabalho, é deixar pessoas que poderiam ser salvas morrer, e isso é assassinato.


Os médicos podiam fazer greve né? "Não atendo mais nenhum PM" Vocês iam morrer lindamente, imagina que legal morrer por causa de uma greve?

Todo mundo tem sua opção:

Alguns acham que os Militares estão defendendo seus direitos.
Já eu acho que, isso aí, defendam seus direitos. E eu acho que devo defender os meus direitos a proteção. Sou cidadã. E meus direitos consistem nos militares não sairem de suas posições de proteger a população, um cargo que eles se inscreveram, sabendo o que faziam os militares, cada salário de sua devida posição e QUÃO BOSTA o governo brasileiro é. 
E não acho direito botar no cu do povo pra defender seu direito de ser um soldado com um super salário. Por que quem vai pagar isso é o povo, como sempre... como vocês bem sabem... E como vocês sempre defendem o "trabalhador" mesmo quando esse trabalhador bota no seu rabo. 

Só um aviso pros defensores dos militares: Eles obviamente estão pouco se fudendo pra você, contanto que sejam pagos o que eles desejam. 3.500 é o "preço de uma vida" E todos os slogans apelativos que eles usaram pra mídia divulgar o sofrimento deles com TODOS AS REGALIAS que o governo dá pros militares. Deve ser difícil sofrer tendo desconto em qualquer caralho e mil outros "mais" somados ao seu salário, né... Tadinho do militar trabalhador. 

Que nunca fez o trabalho devido... mas quer ganhar mais.

0 comentários:

Postar um comentário