domingo, agosto 23, 2009

Profile 2



Meus banhos são demorados e eu adoro água fervente... Sério, daquelas que dói o corpo. Não gosto que me comparem com ninguém, não é por me achar melhor ou pior é que cada um é cada um. Não gosto de jogos com tempo, sou viciada em Riddles! Eu acredito em vida alienígena, e acho que essa vida é bem inteligente de não fazer contato com os terráqueos. Adoro vilões! E não é os porque eles são o contrário dos bonzinhos ou coisa parecida pra ser diferente. Eu gosto deles por que eles não fazem a coisa certa sempre, eles fazem o que querem. Se acertar, legal... Se não, foda-se.
Gravo as falas de tudo quanto é coisa, inclusive ordens de comerciais. Gosto de falar em código. Gosto de pegar músicas de ouvido. E treino meu inglês falando com meu irmão pelo telefone e vendo filmes. Adoro maquiagem. Tenho o sonho de viajar pelo mundo. Não sei o que eu vou fazer da vida, tudo me interessa, mas não me vejo praticando nada em especial. Pretendo casar, mas isso ainda me parece meio distante.
Tenho um dedo PODRE pra caras... Se eu escolhi, podes crer que ele tem problema. Minhas unhas são sempre grandes e pintadas. Gostos de saber das histórias por trás das histórias, da onde as coisas vieram, como foram feitas, pra que exatamente servem, se fazem mal pro solo, se podem ser recicladas, como são recicladas. Minha curiosidade é infinita. Tenho argumentos pra tudo por isso minha mãe nunca me deixa falar. Respostas sempre na ponta da língua.
Acho piercing na sobrancelha e no umbigo feio demais. Odeio pagode, gruda na mente e é “música” de corno. Nunca quis um pônei, sempre achei que eles eram os anões dos eqüinos. Odeio a Susie, boneca feia da porra. Já brinquei de Barbie, mas larguei pra brincar de carrinho e soldadinhos com o meu irmão no nosso campo particular da segunda guerra mundial (Y). Adoro Pump, DDR é só pra suprir a saudade da pump T_T. (Eu não comia pra comprar fichas). Gosto de não ter tempo pra nada e correr o dia inteiro. Tédio é horrível. Gosto de ficar cansada de tanto andar em lugares novos. Gosto de rir até a barriga doer, mas não faço isso faz tempo... Não que eu não ria, é que há uma diferença entre achar graça e rir de fato.
Há filmes que só vejo pelos atores (ex: The Sweeney Todd, que por sinal foi horrível). Gosto de fazer caretas quando falo. E sempre reparo nos figurantes. (Por falar nisso, em Charlie’s Angels o cara da poltrona da janela ta tirando meleca xD) Eu geralmente vejo erros nos filmes. Eu gosto de filmes de época. Eu ainda vou andar de skate, fazer parkour, surfar, escalar, fazer trilha, voar de asa delta, saltar de para-queda, pular de bunging jump etç (: Meu joelho é total fodido, não tem o osso que segura a rótula no lugar.
Tudo meu se baseia no meu humor, roupa, música, sapato e até a companhia. Não sinto dores aonde todo mundo geralmente sente, como por exemplo: Pinça e depilação. Me canso das coisas facilmente. Sou uma viciada em tudo, nas minhas fixações momentâneas, se eu faço o que eu quero logo surge outra. Tenho preguiça das pessoas. Gosto de saber e contar o final do filme... Mas respeito quem não gosta. Odeio quem fala tocando. Não me toque u_u. Odeio gentinha efusiva. Odeio festa de pegação grupal. Faço diálogos comigo mesma e muitas vezes não só mentalmente. Faço diálogos comigo mesma em inglês e muitas vezes não só mentalmente. Canto antes de dormir. Dizem que eu canto bem. Não gosto de ter de pensar pra me arrumar.
Sou estranha desde criança, minha primeira visita no hospital foi um mendigo famoso da cidade, chamado Bolão, que levou Vodka pra minha mãe. Minha primeira palavra foi o nome do matador do local, que eu reconhecia pelo som da moto, ex: *Vrum, vrum* "óh! Vává! Vává!." Meu nome ía ser Naja, mas uma prima da minha mãe falou que eu poderia sair com o gênio muito forte, então ela mudou. Hoje em dia ela diz que não adiantou de nada... u_u. Eu ficava gritando como uma louca antes de dormir e meu pai me dava gravata pra eu dormir. Pois é.

0 comentários:

Postar um comentário