quarta-feira, abril 15, 2009

Make Sense



Quarta-feira, 7 de Janeiro de 2009


Bom, é de praxe agora, começo do ano, o povo fazer listinhas pra seguir (Ou pelo menos tentar) nesse ano. Por que tudo dá tempo ainda. Enfim, tudo isso.
Eu não vim pra postar a lista, muito pelo contrário, pretendo NEM FAZÊ-LA! Quero menos planos pra mim, quero sair pela rua sem rumo. E eu quero que os meus pés não me guiem, eu já sei pra que lado da ponte eles vão... E eu não costumo achar muito o que preste nesse beco sem saída. Literalmente falando.
Mas, isso é falta de melanina passada. Voltando ao futuro (?) : Eu não quero planos, como já bem disse. Planos acabam com tudo, por que se você falhar vai vir a frustração. E esse é o pior sentimendo que você pode sentir, vai por mim.

Quero me perder, perder a noção do tempo, mas quero que isso se dê pela minha felicidade. Quero achar um caminho, não quero que seja o caminho que alguém deseja pra mim, quero que seja um caminho que me deixe feliz.
É somente isso que eu quero pra doismilenove e pra qualquer outro ano.
Independentemente pra onde eu siga, com quem eu vá, quem eu perca no caminho, quem se junte ao meu pouco nexo, quem tente me bandar, eu quero acabar feliz. Não que eu seja feliz 100% do tempo pelo caminho, mas eu aceito uns 70%... O que ainda, pra algumas pessoas vai soar muito, mas a felicidade é viciante, se você prova uma dose alta não vai querer abaixar a dose nunca mais e quando a dose acabar a tristeza vai ter dosagem dobrada, ocupando a porcentagem que sumiu de felicidade plus a tristeza que já lhe é normal. Então, eu aceito ser feliz numa dosagem pequena pelo caminho, mas eu quero que o meu final seja completo (: Não importa aonde eu caia, levantar é o passo seguinte. Não importando se você se arraste ou engatinhe por um meio tempo antes disso.
E eu desejo isso pra todos em 2009. Bem-vindos ao novo ano, pessoas. De acordo com o mundo, temos muito o que concertar, já que não podemos voltar atrás das nossas ações. (Ctrl-z pessoal, JÁ!)

Mas é aquela história... Antes de consertar o mundo, dê 3 voltas dentro da sua casa.
Ache-se primeiro pra depois achar o mundo, mas pra isso é preciso procurar-se.
Já me procurei tanto, acho que só vi a ponta do iceberg... Eu não sei quanto mais fundo ainda vou na toca do coelho mas se a toca passar pelos meus caminhos, eu entro. Mergulho de cabeça, caço o que puder, e saio de lá mais feliz que quando eu entrei.

Life is made of choices. But i choose not to choose. I choose something else, i choose to life.
And if you ask me "what about the reasons?" What reasons, my dear friend? There are no reasons.
Reason is just a choice to make sense to somebody else.
And you know, deep inside, that in the end sense, reason and others people means nothing at all.

Bem-vindo ao 2009 dos SEUS sonhos, só falta você se dar ao trabalho de fazê-lo. Aproveite que ele ainda tá em fase de modelagem.

Beijomeliga (t)(k)

0 comentários:

Postar um comentário